Notícias LOCAIS

Centro Cultural José Otávio Guizzo reabre as portas com espaço moderno e acessível ao público

Com quatro décadas de história em favor da cultura do Estado, o Centro Cultural José Octávio Guizzo está novamente de portas abertas. Desta vez com o prédio todo revitalizado, com uma estrutura moderna, acessível e preparada para receber os grandes artistas regionais e nacionais. O investimento da obra foi de R$ 10,5 milhões do Governo do Estado.
A inauguração da reforma ocorreu na terça-feira (2), com a presença do governador Eduardo Riedel. “O nosso Estado não poderia ficar sem este espaço, que é um templo da cultura sul-mato-grossense.  Hoje é dia de celebrar a retomada de um espaço que pertence a cultura do Mato Grosso do Sul. Uma história que estamos reinaugurando de uma época em que a cultura florescia. Vamos cuidar do José Otávio Guizzo com todo carinho que ele merece”, afirmou o governador.
Riedel destacou o papel da cultura para construir a identidade do Estado. “O papel da cultura no processo de inclusão é fundamental, para quem acha que é um investimento deixado para segundo plano engana-se profundamente, pelo contrário, é a cultura que lidera nossa identidade e futuro. Ela que faz esta mola propulsora para sentirmos orgulho do nosso Estado, da nossa gente e das nossas raízes”. 
Cerimônia marcou a reabertura do Centro Cultural em Campo Grande
A obra teve a duração de 671 dias e contou com a revitalização de vários espaços, entre eles a recepção, galerias, salas de dança, ensaios e música, ateliês, estruturas administrativas e demais cômodos. Um espaço pensado na diversidade cultural e na acessibilidade, com adaptações em toda estrutura.
Governador discursou sobre a importância do espaço para cultura
O prédio permite a mobilidade em todos os andares, com três elevadores à disposição. Foram  instaladas poltronas para pessoas com deficiência visual, espaço para seus cão-guias, assim como poltronas a obesos e espaços aos cadeirantes. Ao todo serão 266 (poltronas) no Teatro Aracy Balabanian. Os camarins têm banheiros adaptados e existem vagas de estacionamento exclusivos para atender esse público.
“Uma noite linda tão especial para cultura sul-mato-grossense. Fico muito feliz em participar de uma cerimônia com tanta representatividade. Recebemos a responsabilidade de comandar esta pasta tão importante. Agradecer ao Governo do Estado que possibilitou fazer uma entrega como esta, com muito empenho e carinho preparou esta grande obra. Todos vão se encantar com a qualidade desta revitalização”, afirmou o secretário estadual de Turismo, Esporte e Cultura, Marcelo Miranda. 
Evento contou com várias apresentações artísticas do novo espaço
Estrutura e novidades
O Centro Cultural vai dispor de uma nova sala de ensaios para teatro e dança, mas que atende especialmente a área de dança com espelhos, dispondo ainda de barras e piso contra impacto. Também teve a ampliação dos camarins, implementação de teatro de bolso, adequação da acústica, novas salas para artes, assim como mudança do mobiliário e na cenotécnica e sonorização do teatro.
O acesso ao fluxo de entrada dos artistas foi otimizado e o local conta com um sistema cenográfico, dispondo de áudio, vídeo, mecanismos cênicos. O prédio conta com quatro andares (subsolo, térreo, hall superior e auditório. O Centro abriga salas de personalidades como Teatro Aracy Balabanian, Sala de Convenções Rubens Corrêa, Sala de Ensaios Conceição Ferreira, Galerias de Exposições Wega Nery e Ignês Corrêa da Costa
Centro Cultural retornou com peça teatral no Teatro Aracy Balabanian
Localizado na área central da cidade (Rua 26 de Agosto), o espaço oferece além de grandes espetáculos e apresentações, a realização de oficinas de dança, música, teatro e artes plásticas, exposições, palestras eventos do setor. Também é conhecido por fomentar o cenário cultural e ser um ponto de encontro dos artistas para produção de muito conteúdo que vai da música, cinema e artes cênicas.
Teatro Aracy Balabanian volta as atividades
“Um projeto tão audacioso, onde tivemos que vencer muitos desafios no dia a dia. A entrega desta obra é a realização de um sonho idealizado por toda nossa classe artística, neste espaço que fica na rua mais antiga da cidade. Um Centro Cultural tão importante, de fácil acesso. Aqui temos várias frentes culturais como a música, dança, teatro, circo e todas as artes que aqui são representadas”, descreveu o diretor-presidente Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Eduardo Mendes. 
Também participaram do evento os deputados estaduais Roberto Hashioka, Mara Caseiro e Lídio Lopes, o secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Rodrigo Perez, o diretor-presidente da Fundesporte, Herculano Borges, o diretor-presidente da Fundtur, Bruno Wendling, assim como a primeira-dama Mônica Riedel e a ex-senadora Marisa Serrano. 

Leonardo Rocha, Comunicação do Governo de MSFotos: Saul Schramm

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *