NOTICIAS

Professores da Rede Municipal participam de 1ª formação do ‘Letrar+JP’

Professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental I da Rede Municipal participam até esta sexta-feira (22) da 1º etapa de formação do programa ‘Letrar+JP’, em 2024. A formação é realizada pela Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio da Diretoria de Ensino, Gestão e Escola de Formação (Degef), e acontece na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep), no bairro de Mangabeira.  

“O planejamento sempre será pauta nas formações porque é a ação principal do professor e da professora para que ele e ela possam direcionar suas aulas. A formação vai dar subsídios para esses profissionais estarem no cotidiano da sala de aula garantindo que nossas crianças aprendam com qualidade”, disse a secretária de Educação, América Castro.  

O tema da formação é ‘Organização do trabalho pedagógico: articulação entre currículo, planejamento e avaliação’. Ao todo participam aproximadamente 900 professores.  

O objetivo é refletir sobre a articulação entre avaliação, planejamento e currículo; apresentar a matriz curricular de João Pessoa discutindo sua estrutura e seu processo de elaboração; e analisar os resultados da avaliação formativa em rede para intervir de maneira a potencializar as aprendizagens dos estudantes.

“O Letra+JP é uma ação da Prefeitura de João Pessoa que busca garantir aos professores e as professoras melhores condições para a aprendizagem dos estudantes. Nossa meta é alfabetizar todas as crianças até o segundo ano do Fundamental I e elevar o índice de aprendizagem dos demais anos de ensino, 3º, 4º e 5º ano. Para isso, precisamos de uma equipe bem preparada nas nossas escolas”, explicou a chefe de Articulação de Programas da Sedec, Jocineide Silva.  

Na ocasião foi lançado o e-book “Ressignificando a prática pedagógica no ensino remoto”, obra produzida com as formadoras e professoras da rede de ensino de João Pessoa, que traz um conjunto de sete relatos de experiências vivenciados durante a pandemia da Covid-19.  

“Esses relatos foram publicizados na última formação de 2021 quando a gente falou de forma virtual para toda a rede. O livro retrata as experiências que a gente estava vivenciando com as tecnologias, as nossas formas de ensinar, como foi que a gente se reinventou nesse período da pandemia, com o distanciamento da sala de aula. Nós professores estamos nos reinventando a cada dia. A gente é capaz de realizar, independente do cenário que acontece no dia a dia”, falou Maria Aurinete Gonçalves, professora polivalente da Escola Municipal David Trindade e autora de um dos capítulos do e-book.    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *