NOTICIAS

Governo de SP participa de reunião de gestores de Defesa Civil no Espírito Santo





Coordenadores de órgãos estaduais se reúnem para discutir ações para modernizar sistemas locais de proteção, prevenção e salvamentos



Nos últimos dois dias, a Defesa Civil do Estado de São Paulo discutiu novas ações e políticas públicas de prevenção e salvamentos na reunião do Conselho Nacional de Gestores de Proteção e Defesa Civil, que aconteceu no Espírito Santo. O evento reuniu os 27 coordenadores dos órgãos estaduais, entre eles o coronel PM Henguel Ricardo Pereira, que comanda a Defesa Civil paulista e também preside o conselho de gestores.

O primeiro encontro do grupo em 2024 foi marcado pela integração e planejamento estratégico para a proteção civil no Brasil. A agenda foi centrada no fortalecimento e na capacitação da Defesa Civil nos estados diante dos crescentes desafios impostos pelas mudanças climáticas.

O conselho também debateu temas como a expansão de fundos estaduais de Defesa Civil; mais investimentos em obras e projetos de prevenção; colaboração com o Banco Mundial para financiamento de ações de gestão de risco e desastres; e a utilização de ferramentas tecnológicas avançadas como o Centro de Inteligência de Defesa Civil e o sistema AlertaES, do Espírito Santo, para integração do monitoramento de alertas.

A incorporação do Sistema Integrado de Bases Geoespaciais do Estado do Espírito Santo (GEOBASES) foi destacado como um exemplo inovador de aplicação tecnológica na gestão de riscos, junto com a implementação do Protocolo Nacional de Atuação das Defesas Civis, reforçando o compromisso com a melhoria contínua dos processos de resposta a emergências.

As reuniões ainda destacaram a cooperação interestadual e o compartilhamento de conhecimentos e práticas entre as unidades da federação. O intercâmbio de experiências e estratégias entre os estados é considerado essencial para a construção de sistemas mais resilientes e adaptáveis às mudanças climáticas e aos desastres naturais.

A colaboração dos órgãos estaduais para o enfrentamento de desafios é um dos pontos-chave para a eficácia do sistema nacional de Defesa Civil. O conselho de coordenadores reforçou o compromisso para liderar esforços conjuntos e fortalecer a capacidade de pronta resposta do país em relação a desastres e cenários de calamidade.

“O primeiro encontro de 2024 foi um marco no caminho para uma cooperação mais estreita entre as Defesas Civis de todo o Brasil, estabelecendo um precedente positivo para os encontros futuros e as ações conjuntas no âmbito dos órgãos nacionais de proteção”, concluiu o coronel Henguel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *