NOTICIAS

Nova fase da campanha ‘Não dê esmola, dê cidadania’ vai a igrejas

Lucas Lemes


Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

Marcada pelas ações de orientação e acolhimento às pessoas em situação de rua, a campanha ‘Não dê esmola, dê cidadania’, está agora em nova fase.

Em novembro, as equipes de conscientização, que atuavam nos semáforos da cidade, passaram a conversar com cristãos e religiosos.

Com o apoio de igrejas, lideranças religiosas e grupos voluntários que buscam ajudar estas pessoas que estão em situação de rua a mudarem de vida, terem autonomia e fortalecer os vínculos familiares, as ações visam expandir ao público fiel todo o suporte que a Prefeitura oferece às pessoas em situação de vulnerabilidade.

Nos fins de semana, as equipes da campanha contra a esmola estarão em cultos, missas e cerimônias religiosas do município para esclarecer as dúvidas dos fiéis e explicar o quanto a esmola prejudica as pessoas que estão nas ruas.

Redução de pessoas em situação de rua

Este é o segundo mês da campanha ‘Não dê esmola, dê cidadania’ e o segundo mês consecutivo de redução de pessoas em situação de rua em São José.

Desde setembro, início da campanha, 46 pessoas deixaram as ruas de São José dos Campos. No primeiro mês, queda de 213 para 172. Neste mês caiu para 167, totalizando uma redução de 21,59%.

As equipes da campanha percorrem todo o munícipio com informação, orientando sobre a melhor forma de ajudar, além de apresentarem o trabalho que a Prefeitura desenvolve para acolher e dar uma nova chance aos que se encontram em vulnerabilidade.

A campanha também está nos busdoors dos ônibus municipais e em comerciais para veículos de comunicação (TV, rádio e internet).

Incentivo à cidadania

Com 10 vans e três carros de suporte, a equipe de abordagem é formada por 69 agentes para acolher as pessoas, com atuação 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados.

Os abrigos municipais estão preparados para acolher todos que estão em situação de rua. A pessoa que aceita ajuda é levada ao Centro Pop, onde é feita a triagem e o encaminhamento para o local adequado.

A Prefeitura também disponibiliza oficinas e atividades de convívio e socialização pelo Centro Pop, com o objetivo de incentivar os munícipes no seu desenvolvimento pessoal e profissional, oferecendo mais qualidade de vida e oportunidade para voltar para o mercado de trabalho.


MAIS NOTÍCIAS

Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *