NOTICIAS

Agência Minas Gerais | Secretaria de Saúde realiza trabalho de campo em São João del-Rei


A equipe técnica do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs-Minas), da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), esteve em São João del-Rei, neste sábado (28/10), para realizar trabalho de campo, a fim de verificar indícios e informações a respeito dos recentes casos de infecção em crianças registrados no município. O objetivo é identificar quais foram os agentes infecciosos, o tratamento que deve ser adotado e quais serão as orientações para o atendimento dos casos suspeitos.

Os técnicos do Cievs-Minas se reuniram, na sexta-feira (27/10), com representantes do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (EpiSUS), do Ministério da Saúde, para apresentar o cenário e as estratégias para a investigação epidemiológica que será feita no município. 

“Estamos acompanhando os casos desde a primeira notificação, por meio da atuação do Cievs-Minas e da nossa Gerência Regional de Saúde de São João del-Rei e atuando continuamente para entender o que está acontecendo no município e dar uma resposta qualificada à situação, que tranquilize a população”, ressaltou Eduardo Prosdocimi, subsecretário de Vigilância em Saúde da SES-MG.

De acordo com a coordenadora do Cievs-Minas, Eva Lídia Medeiros, São João del-Rei está em uma situação que foge do cotidiano da cidade, e o apoio e orientação da SES-MG e do Ministério da Saúde são primordiais neste momento.

“Quando a gente tem uma situação fora do habitual, temos que fazer a investigação de campo, identificar o que é que está acontecendo no território e avaliar a possibilidade de existência de surto ou não. Tendo essa visão no local, vamos conseguir detectar os fatores envolvidos, o evento que está acontecendo no território e quais são as medidas de prevenção e controle para aquele determinado evento. E o Ministério da Saúde, prontamente, enviou a equipe da EpiSUS para nos dar esse suporte”, destacou.

As amostras coletadas relativas aos casos ocorridos no município seguem em análise, aguardando resultado dos exames. A SES-MG destaca que não há critérios que comprovem surto ou risco à saúde da população de São João del-Rei, até o momento, bem como nenhuma evidência epidemiológica que justifique a alteração na rotina das atividades da população. Além disso, a Secretaria não indica o fechamento de escolas.

Na última quarta-feira (25/10), a SES-MG realizou uma capacitação técnica para orientar a rede de saúde na detecção e tratamento oportuno de casos suspeitos de infecção bacteriana, com a identificação dos devidos diagnósticos. Ao todo, 122 profissionais de saúde da Unidade Regional de São João del-Rei participaram do treinamento por videoconferência.

A coordenadora do Cievs-Minas alertou que o melhor meio de informação para a população são os canais oficiais. “Queremos que as respostas obtidas com essa investigação sejam rápidas, para que a população se sinta segura nas medidas que devem ser adotadas, sem pânico, sem notícias falsas, sem desinformação”, enfatizou Eva Medeiros.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais reforça que, em casos de sintomas como febre, garganta inflamada e descamação da pele, a orientação à população é procurar imediatamente uma Unidade Básica de Saúde para diagnóstico correto e tratamento adequado. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *